AS PESSOAS SÃO DE FATO O PRINCIPAL DIFERENCIAL COMPETITIVO?

Esta noite tive um sonho.

O ambiente era o salão do meu restaurante, decorado no estilo “neo-rústico”.

O cardápio inspirado na culinária portuguesa-trasmontana. O nome do lugar: Minas da Ribeira!

Ali estava toda a equipe do restaurante minutos antes do primeiro dia de abertura aos clientes.

No discurso lembrei de toda a trajetória do empreendimento, desde sua concepção anos atrás, todo o esforço no acumulo do capital para o projeto, a decisão de colocar em marcha, até este dia tão especial!

Falei sobre as qualidades e atrativos do restaurante: a decoração, a variedade do cardápio, a escolha dos fornecedores, a preparação/apresentação dos pratos, equipamentos e tecnologia disponíveis, comunicação e marketing, a localização.

Mas lembrei a todos que esses atrativos são “commodities”. Com disponibilidade de recursos financeiros, qualquer um pode abrir um negócio como esse.

O verdadeiro diferencial do restaurante estava ali, sentados na mesa e prontos para pôr a mão na massa!

Todos foram escolhidos por terem 3 qualidades essenciais: um propósito claro e alinhado com a missão do restaurante; competências básicas para executar seu trabalho com primazia e; elevado nível de compromisso e engajamento em entregar o melhor de cada um!

O único diferencial competitivo existente hoje em qualquer tipo de negócio ou empreendimento são as pessoas!

Elas são únicas e exclusivas. Às vezes podem ser parecidas, mas nunca iguais!

São as pessoas que colocam o tempero na medida e intensidade que tornam qualquer iniciativa na melhor experiência para os clientes, para os parceiros, para a própria equipe!

São as pessoas com sua infinita criatividade e vontade de fazer diferente, que entregam resultados surpreendentes!

E você, concorda que as pessoas são de fato o único diferencial competitivo nas organizações?