COMO AS PESSOAS REAGEM NEGATIVAMENTE ÀS MUDANÇAS

Você sabia que as pessoas têm um padrão de comportamento nas reações emocionais negativas frente às mudanças ou eventos importantes na sua vida?

Foi o que descobriu a Dra. Elizabeth Kubler-Ross, que durante mais de 40 anos lidou com pacientes terminais, que recebiam a notícia da morte iminente.

Dos estudos dela, foi possível adaptar esse padrão para entender melhor como as pessoas reagem e como podemos lidar com mudanças pessoais ou organiacionais. Sejamos alvos ou agentes dessas mudanças!

Pense na seguinte situação (penso que a maioria já passou por isso):

– Você está bem tranquilo no seu emprego e de repente é chamado pelo seu chefe que comunica sua demissão a partir daquele momento.

Você fica imobilizado, sentindo-se confuso, ameaçado. Recusa a acreditar que aquilo está acontecendo com você. Em seguida, é possuído por um sentimento de dor, podendo levá-lo à alguma reação hostil.

Porém, a decisão é definitiva, não será reconsiderada, e você busca minimizar o impacto tentando barganhar algum benefício adicional. É preciso aceitar e buscar reduzir as perdas.

Você retorna para sua mesa, começa a guardar as coisas pessoais e, provavelmente, avisa as pessoas mais próximas.

Você se sente deprimido, frustrado, com baixa autoestima. Sente que está perdendo muitas coisas. Mas sabe que precisa encarar a situação.

Começa uma nova fase na sua vida, avaliando sua carreira e todas as possibilidades e perspectivas. Faz contatos, envia CV´s, responde a entrevistas, revisa seu perfil nas redes sociais, ativa sua network.

Em breve, você estará num novo trabalho, dando continuidade à sua carreira e sua vida!

É assim que acontece! Pelo menos aconteceu comigo!

A diferença entre as pessoas nesse ciclo é a velocidade e profundidade com que lidam com cada uma das fases. Quanto mais rápido você entender e lidar com as questões de cada fase, melhor será sua resposta e aceitação, reduzindo o sofrimento!

E você, já experimentou esse processo em alguma mudança significativa na sua vida?

Compartilhe comigo! Pode ajudar outras pessoas que estão vivendo alguma grande mudança pessoal!