CULTURA DE LIDERANÇA COACHING

Líderes com habilidades de coaching, que sabem como manter diálogos de desenvolvimento, podem envolver sua equipe e uns aos outros com honestidade, falando a verdade e provocando todos ao seu redor.



Em contraste, em culturas corporativas que não são moldadas por mentalidades e valores de coaching, o que é verdade muitas vezes não é dito e a mudança só acontece quando há uma crise. Coragem é uma qualidade rara.

Mais poderosa do que estratégia e mais persistente do que a visão, a 𝗰𝘂𝗹𝘁𝘂𝗿𝗮 dafeta quem fica, quem sai e como lidamos uns com os outros. É o ambiente que permite o desempenho ou o subverte.

Conversas sinceras só podem ocorrer em um local de trabalho psicologicamente seguro. É por isso que, à medida que mais líderes experimentam o valor do coaching, eles reconhecem a importância dessas habilidades.

A cultura organizacional é expressa nas regras sobre como nos comportamos, comunicamos, relacionamos e pertencemos. Não se trata apenas da troca, mas sobre como todos na organização interagem entre si em suas conversas cotidianas.

Quando uma abordagem de coaching é valiosa?

Diferentes situações requerem diferentes abordagens de coaching. Considere os seguintes tipos de coaching e escolha sua abordagem com base na situação e necessidade.

𝟭. 𝗖𝗼𝗮𝗰𝗵𝗶𝗻𝗴 𝗽𝗼𝗻𝘁𝘂𝗮𝗹: ocorre em momentos individuais. O foco geralmente está nos problemas atuais e temporários sobre desempenho, relacionamentos, moral e engajamento de um profissional em questão.

𝟮. 𝗖𝗼𝗮𝗰𝗵𝗶𝗻𝗴 𝗱𝗲 𝗴𝗲𝘀𝘁𝗮̃𝗼: abordagem que pode ser usada para tornar as conversas gerenciais normais mais produtivas, seja sobre planejamento de carreira, revisões de desempenho ou escopo de trabalho.

𝟯. 𝗠𝗲𝗻𝘁𝗼𝗿𝗶𝗮 & 𝗗𝗶𝗮́𝗹𝗼𝗴𝗼𝘀: a maioria das mentorias depende de habilidades do mentor/coach para gerar valor trabalhando juntos para pensar e explorar alternativas. Ensinar é apenas uma pequena parte das melhores relações de mentoria.

𝟰. 𝗖𝗼𝗮𝗰𝗵𝗶𝗻𝗴 𝗽𝗿𝗼𝗳𝗶𝘀𝘀𝗶𝗼𝗻𝗮𝗹: pode incluir objetivos ou metas formais, bem como a medição dos resultados de um compromisso formal de melhoria e desenvolvimento. Coaches profissionais podem ser funcionários internos ou profissionais externos, devidamente qualificados e certificados.

𝟱. 𝗖𝗼𝗮𝗰𝗵𝗶𝗻𝗴 𝗱𝗲 𝗲𝗾𝘂𝗶𝗽𝗲: acontece quando grupos e equipes falam sobre a identidade do grupo e as obrigações entre si e as partes interessadas de forma consistente, contribuindo para os resultados da equipe e da organização.

É provável que, à medida que mais culturas de coaching surgirem, haverá muito mais configurações em que as habilidades de coaching e mentoria são colocadas em uso, mas esses 5 cenários formam as funções principais do coaching que você pode começar a implementar ou melhorar hoje para criar uma cultura de verdade, com coragem e maior segurança psicológica em sua organização.

Adaptação de artigo original de Center for Creative Leadership