Dia da Consciência Negra

Existe algum dia que não seja da reflexão humana, individual e coletiva, sobre a consciência de respeito ao ser humano, independente da raça, da cor, da religião, da origem, da formação, da cultura, da orientação sexual, da opção e escolhas de vida, enfim, de qualquer outra escolha de liberdade?


Fico me perguntando, e tenho dúvidas aos 60 anos de vida, se de fato sou livre na minha consciência e se preciso de reforços externos.


É claro que forças organizadas subjugam minorias e outros grupos organizados podem e devem ajudar a proteger essas minorias. Mas, a consciência não pode ser mais um fator de discriminação.


Vamos lutar por ser todo dia o dia da consciência de respeito ao humano, aos seus valores, princípios, propósitos, sonhos e necessidades.

Todos, absolutamente todos, desde os primórdios da humanidade já foram escravizados, subjugados, humilhados.


Respeito toda e qualquer opção, pois tenho amigos e convivo com pessoas de todas as orientações!


E por isso, comemoro todos os dias, o dia da consciência humana.