O Poderoso Feedback – Parte 3

Agora pela manhã, seu chefe chama você para uma reunião de feedback, que não estava na agenda.

Surpresa… um certo desconforto… ansiedade… nervosismo…

Relax… Siga os passos a seguir e você poderá aproveitar ao máximo esse momento! Afinal, todo feedback é um presente!

1. Prepare-se.

Sem sofrer por antecedência, reflita um pouco sobre os últimos acontecimentos no seu trabalho e busque algum fato ou situação que possa ter provocado essa conversa.

Cuidado apenas para não criar barreiras na comunicação tais como desculpas, justificativas, críticas e posturas muito reativas.

2. Respire fundo.

O ato de respirar profundamente coloca seu corpo em harmonia e equilíbrio.

Use a técnica da “folha seca”: inspire profundamente pelo nariz, prenda a respiração por 2, 3 segundos e solte o ar lentamente.

Repita isso algumas vezes a caminho do encontro.

3. Ouça atentamente.

É bem provável que seu chefe iniciará com algum assunto mais leve, a fim de criar um bom ambiente para essa conversa difícil para ambos.

Quando ele começar a falar, pratique a escuta ativa. Concentre-se na fala dele.

Não interrompa em hipótese alguma até que ele conclua e lhe dê o espaço para o diálogo.

4. Não se justifique, não discorde e não se oponha.

Lembre-se que o feedback que você está recebendo pode estar baseado em dois fatores: comportamento e/ou resultado.

Se for comportamento, ele formou uma percepção segundo seus próprios valores e essa percepção somente será alterada quando você apresentar algum tipo de mudança alinhada com o modelo mental dele.

Se for resultado, provavelmente está baseado em objetivos e métricas negociadas previamente e que não foram atendidas.

Até pode haver explicações para ambos – comportamento e resultado – mas ainda não é o momento de você se posicionar. Você ainda está ouvindo.

5. Reconheça os pontos válidos.

Provavelmente neste momento ele já concluiu a mensagem principal do feedback e deve abrir espaço para suas considerações.

Comece reconhecendo as questões colocadas que você realmente concorda e, se for o caso, apresente eventuais ações que você já adotou para a melhoria.

6. Organize as informações.

Durante o feedback você pode ter feito anotações sobre o conteúdo e talvez tenha dúvidas sobre algum ponto.

Explore essas questões de forma que você tenha a total compreensão de tudo que foi dito e quais as consequências para o relacionamento com seu superior hierárquico.  

7. Valorize e agradeça.

Ao final da conversa, fale da importância de momentos como esse para o relacionamento e para o seu crescimento profissional.
Tenha em vista sempre que pode ter sido muito difícil para seu chefe conduzir essa reunião. Pense nas vezes em que você como gestor esteve do outro lado!

E você, como tem recebido esse tipo de feedback? Gostaria muito de conhecer alguma experiência nesse sentido!