Um dos mais importantes papéis do Líder é motivar as pessoas!

Será mesmo que isso é uma verdade absoluta?

Motivação é algo intrínseco, uma das camadas mais profundas do ser humano. Muitas vezes nos sentimos extremamente motivados, com muita energia fluindo. Ou desmotivados, com aquela sensação de “farol baixo”, sentindo falta de energia.

Muitas vezes, nesses dois estados, não entendemos exatamente o por quê dos sentimentos e sensações em cada um deles. Para continuar na jornada, motivados, precisamos manter o “tanque cheio” de energia.

E para não prejudicar o caminho, quando desmotivados, buscamos “algo mais” que nos faça sair desse estado. E cada pessoa reage de uma forma aos estados de motivação e desmotivação.

Portanto, veja só como pode ser um tanto difícil e complexo para o Líder motivar as pessoas.

Equipes com muitos profissionais, em diferentes localidades, num trabalho presencial, on-line ou híbrido, com perspectivas e objetivos individuais completamente diferentes uns dos outros.

O Líder tem sim um papel importantíssimo na motivação das pessoas.

Se para que eu me sinta motivado, preciso de energia que me mantenha firme no caminho, então essa deve ser a responsabilidade do Líder: fornecer a energia que cada pessoa precisa para manter o “tanque cheio”!

Energia ou estímulos, são extrínsecos. São fornecidos ou dados por outras pessoas ou situações.

E aqui sim o Líder precisa estar atento para de forma consistente, constante e personalizada, estimular as pessoas para que se mantenham motivadas e elevem o nível da performance.

Concorda que o líder deve manter as pessoas estimuladas para que possam estar cada vez mais motivadas?

Compartilhe comigo sua opinião nos comentários.